Você já fez as contas do que vale mais a pena para o seu bolso: comprar um carro  financiado, alugar um quando precisar ou então usar Uber/Taxi?

O primeiro passo é olhar quanto você tem para gastar e não se endividar. Depois, colocar tudo na ponta do lápis.

O Meu Barão, preocupado com o seu bolso, quer te fazer as seguintes sugestões:

  • Faça as contas se decidir entrar em um financiamento. Com que frequência você vai usar o carro,  será todo dia ou de vez em quando? Vai gastar quanto de IPVA, manutenção e combustível?
  • E se você alugasse quando precisa? Locação de automóveis. Em São Paulo, a diária de um carro popular sai em média R$ 100,00, ou até menos. Com quilometragem livre.
  • Faça uma planilhazinha, ou anote em um caderno, quanto você gastaria de Uber para ir à balada. Some tudo e veja quanto dá no mês. Depois compare com o custo do financiamento.
  • Mesmo raciocínio com carro e outros aplicativos como 99 e Cabify. Some tudo. Veja com que frequência usa no mês.
  • Tudo bem que ônibus lotado e metrô na hora de pico é dose. Mas e se você tentasse horários alternativos? Já pensou nisto?
  • Carona solidária no condôminio, entre os amigos. No Brasil é algo ainda pouco comum, mas muito popular no exterior. Pense também nisto.

Qualquer que seja a sua decisão, o melhor é planejar. E não gastar mais do que uma meta estipulada por mês para transporte com base no seu salário.

Agora é a sua vez.

Mete a boca no Meu Barão e comente qual financiamento de veículos você experimentou no seu banco.

Financiamento de veículos: https://bit.ly/2NuIUf8

É só se cadastrar na página (www.meubarao.com.br).

E receber toda a semana uma newsletter com as melhores dicas de investimento.