O Meu Barão reproduz texto do blog Bem Gasto(*) , do Insper, uma das melhores escolas de economia e negócios do Brasil. Confira abaixo.

“Já parou para refletir como será sua organização de gastos para 2019?

Sim, sabemos o quanto é desafiador conciliar festas de final do ano, geralmente cheias de gastos, além de um começo de ano cheio de boletos

É por isso que falamos tantas vezes sobre a importância do planejamento financeiro.

Mas para que haja planejamento é preciso saber como está a situação financeira. Por isso, verifique:

  • quais são as contas que você paga
  • qual o valor de cada uma delas e o quanto cada uma representa dentro do seu orçamento
  • se elas estão em dia. E se não, qual o tamanho da dívida, incluindo juros.

Sabendo tudo isso, você conseguirá ter uma visão geral de quais gastos você quer ter ou não quer ter em 2019.

Sabe aquelas promessas de começo de ano?

Pois bem!

Anotar todos os gastos e consumir de forma mais consciente podem ser resoluções bem interessantes para 2019. Dentro das lojas de aplicativos você encontrará inúmeras opções gratuitas de programas de controle de orçamento, mas se você for do tipo mais analógico, tudo bem usar o bom e velho caderninho. O importante é saber de que forma você está gastando seu dinheiro e parar de chegar ao fim do mês com mais dias que salário.

E se estiver com dívidas, pense em alternativas para negociá-las e descobrir o melhor caminho para quitá-las.

Além disso, faça o uso dos “porquês”, ou seja, antes de passar seu cartão ou decidir por uma compra, se questione que benefício você terá com o uso daquele produto e se de fato ele é importante. Por exemplo: você ter uma TV a cabo e quase nunca ficar em casa. Ou seja, vale a pena gastar esse dinheiro?

E para iniciar o ano novo com novas posturas, gostaria de te propor alguns desafios:

  • escolha uma das contas que você paga todo mês e pense em maneiras de reduzir o consumo em 10% do valor.
  • pense em uma receita que faça o uso total dos alimentos.
  • faça um final de semana em atividades que não te façam ter gastos.

Ano novo é sempre uma oportunidade de recomeço, por isso, aproveite para tentar passar o ano todo no azul e com dinheiro na poupança. “

(*) Julia Drezza, Gerente de Sustentabilidade da Mais Fácil, www.maisfacil.com.br